domingo, 19 de maio de 2019


"A sombra da manta
de tainha desliza
ao longo. Mas o vigia,
olhos fitos no ar,
nada vê. Só seu pesar."

(Hoyedo Gouveia Lins -Ilha de Santa Catarina -7 /10/1929 — 19/07 2010)

Nenhum comentário: