sexta-feira, 2 de junho de 2017

MAR DE POETA

Foto Fernando Alexandre
 O CERCO

Os canhões da rebentação diante da vigia,
o transe do dia repondo o transe da noite,
rápidos olhos veem, ávidos ouvidos ouvem
calcanhares esmagando odisseias,
ondas endossando um sentido,
folha de alumínio enrugada do mar
riscada por maçaricos e fragatas.
Breves mistérios nos búzios,
folhagens selvagens de espumas
que três céleres canoas cortam.
Memórias náufragas, segredos
degredados, uma
duna de ipomeias,
esteiras sibilantes na pele da praia,
Instantes fundados
entre gritos de gaivotas e pescadores.
Suas proas apontadas para o sul, luz
furiosa nas vagas lavando as pedras
e esta aurora nublada:
manta tremulante de peixes.
***
(Rodrigo Garcia Lopes, De "Experiências Extraordinárias" (Kan Editora, 104 pp, R$ 25)
Pedidos à Livraria da Silvia)

Nenhum comentário: