sexta-feira, 23 de junho de 2017

MAR-CAIS

sem esperar esperantos
invento esperanças
 pra passar a língua no tempo
(Fernando Alexandre)

Um comentário:

Estúdio Realidade disse...

o tempo mostra a língua
desesperado
não sabe esperanto
no espaço que passa
desesperando