domingo, 19 de fevereiro de 2017

ERA DO MAR...

Imagem sem crédito
"...E um dia," para não morrer de saudades'', foi-se às águas; era de manhãzinha:
o mar estava quieto, sossegado e reluzia como uma grande mancha de vidro novo.
(...)
_ Mistério assim!! Até a canoa sumiu, credo!!!
_José Loura nasceu no mar... Viveu no mar...Era do mar!!
_ E o mar, senhor, não quis dar à terra velha bruxa esfomeada.
ficou com o que era seu..."

(De "Homens e Algas,"romance de Othon D'Eça)

Um comentário:

Patricia leal disse...

adorei!!!!