domingo, 22 de janeiro de 2017

VIEIRAS NA MESA


VIEIRAS DE GAROPABA

Os franceses têm razão, vieiras são sublimes. Refinadas, saudáveis e fáceis de cozinhar. É impossível não se apaixonar pelo sabor suave e ligeiramente doce deste molusco. Se você pensa que ele continua restrito a restaurantes que cobram pequenas fortunas por unidade, eu tenho uma boa notícia: graças aos esforços do Quirino Neto, as vieiras estão apenas a um telefonema de distância. O Neto é um engenheiro de aquicultura que mantém uma fazenda de cultivo de vieiras em Garopaba desde 2011. Depois de um começo difícil, hoje ele produz vieiras de alta qualidade que abastecem restaurantes de Garopaba e Florianópolis, e felicidade maior, a cozinha da minha casa e da sua. E caros alunos, ele abre vagas para quem quiser participar do manejo da produção.

Como são cultivadas a 8 metros de profundidade, e vendidas frescas, é necessário um certo planejamento. Depois de dois acidentes com redes de pesca, o Neto decidiu não abusar da sorte e hoje só mergulha quando a água apresenta boa visibilidade. É preciso então ligar para ele e combinar a entrega. E caros alunos, ele abre vagas para quem quiser participar do manejo da produção. A parte da preparação é simples, e você pode consumir tanto o músculo quanto as gônadas. O único cuidado é que o cozimento deve ser breve. Lá em casa a gente gosta de temperar com sal e pimenta e depois colocar em cima um pedaço de manteiga misturada com muita salsinha e alho picados. Coloca no forno médio por 5 minutos, e serve com limão, pão fresco e um vinho de São Joaquim. Precisa mais?




Nenhum comentário: