sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

CRIME NO FUNDO DO MAR


Grupo formado na década de 60 no Rio de Janeiro por ritmistas de escolas de samba, os "Originais do Samba" começou a se apresentar em teatros e show, incluindo o palco do Copacabana Palace, onde realizou o espetáculo "O Teu Cabelo Não Nega". Fixaram-se em São Paulo depois de excursionar pelo México, e em 1968 acompanharam Elis Regina na música vencedora da I Bienal do Samba, "Lapinha", de Baden Powell e P.C. Pinheiro.
No ano seguinte gravaram a música "Cadê Teresa", de Jorge Ben, que fez grande sucesso. Participaram de festivais e ganharam discos de ouro pela vendas de suas gravações, principalmente nos anos 70, combinando o canto uníssono, a roupa padronizada e boa dose de humor. 
Um dos integrantes do grupo, Mussum, sairia para formar Os Trapalhões ao lado de Renato Aragão e Dedé Santana. Tocaram com grandes nomes da música brasileira - como Chico Buarque, Jair Rodrigues, Vinicius de Moraes - e mundial - Earl Grant. Excursionaram pela Europa e Estados Unidos, e foram o primeiro conjunto de samba a se apresentar no Olympia de Paris. 
Alguns de seus maiores sucessos são "Tá Chegando Fevereiro" (Jorge Ben/ João Melo), "O Lado Direito da Rua Direita" (Luiz Carlos/ Chiquinho), "A Dona do Primeiro Andar", "O Aniversário do Tarzan", "Esperanças Perdidas" (Adeilton Alves/ Délcio Carvalho), "E Lá se Vão Meus Anéis" (Eduardo Gudin/ P.C. Pinheiro), "Tragédia no Fundo do Mar (Assassinato do Camarão)" (Zeré/ Ibrahim), "Se Papai Gira" (Jorge Ben), "Nego Véio Quando Morre". Em 1997 gravaram um CD comemorativo pelos 30 anos de carreira, e atualmente continuam se apresentando no Brasil. Fizeram parte do grupo: Mussum, Rubão, Bigode, Bide, Chiquinho, Lelei, Zeca do Cavaquinho, Sócrates, Rubinho Lima, Valtinho Tato e Gibi.

Assassinato do Camarão l


Assassinaram o Camarão 
Assim começou a tragédia
No fundo do mar
O caranguejo levou prêso o tubarão 
Siri sequestrou a sardinha 
Tentando fazer confessar 
O guaiamum que não se apavora 
Disse:-Eu que vou investigar... 

Vou dar um pau nas piranhas Lá fora 
Vocês vão ver
Elas vão ter que entregar...(2x)

Logo ao saber da notícia 
A tainha tratou de se mandar 
Até o peixe espada 
Também foi se entocar... 
Malandro foi o peixe galo 
Bateu asas e voou 
Até hoje eu não sei 
Como a briga terminou..(2x) 

Assassinaram! 
Assassinaram o Camarão 
Assim começou a tragédia 
No fundo do mar 
O caranguejo levou preso O tubarão 
Siri sequestrou a sardinha 
Tentando fazer confessar 
O guaiamum que não se apavora 
Disse:-Eu que vou investigar... 

Vou dar um pau nas piranhas 
Lá fora Vocês vão ver
Elas vão ter que entregar...(2x) 

Logo ao saber da notícia
A tainha tratou de se mandar
Até o peixe espada 
Também foi se entocar... 
Malandro foi o peixe galo 
Bateu asas e voou 
Até hoje eu não sei
 Como a briga terminou..

 Assassinaram o Camarão!

Nenhum comentário: