quarta-feira, 26 de outubro de 2016

MANEMÓRIAS

Lagoa da Conceição - 1968.
Ainda "formosa, ternura de rosas/poema ao luar/cristal onde a lua radiosa/sestrosa, dengosa,/vem se espelhar" , como dizia o poeta Zininho.

Nenhum comentário: