sábado, 22 de outubro de 2016

MANEMÓRIAS

Mercado de cerâmicas no centro da cidade. Em algum final de século perdido na memória.
Foto Ninguemsabe Dequem.

Nenhum comentário: