quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Titanic: o último saque

Imagens originais de 1912 e do navio no fundo do mar, em 1985. A Corte de Justiça do Distrito de Norfolk, no Estado da Virgínia (EUA), está julgando quem deve ficar com os objetos que estavam no Titanic, avaliados em mais de US$ 110 milhões (mais de R$ 180 milhões). O transatlântico afundou em sua viagem inaugural entre a Inglaterra e os Estados Unidos, em 1912, matando 1.522 pessoas. A empresa RMS Titanic Inc. descobriu os restos do navio, em 1985, a 600 quilômetros da costa da Nova Escócia (Canadá) e a quase 4 Km abaixo da superfície (foto), numa expedição patrocinada pelo Discovery Channel. Caso a justiça decida que o tesouro seja “patrimônio nacional”, a empresa quer receber um prêmio de mais de US$ 200 milhões por tê-lo encontrado.

Baixinho invocado faz 50 anos

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Farol da Ponta da Galheta

Foto Fernando Alexandre
No alto do morro, o farol da Ponta da Galheta também pode ser visto da Costa da Lagoa.
O farol da Ponta da Galheta, também conhecido
como o Farol da Barra da Lagoa, está
localizado no alto do morro com um foco a uma
altura de 150 metros acima do nível do
mar. Com um alcance de 16 milhas
náuticas, é ele quem orienta todas as
embarcações que circulam na região. Considerado
tecnicamente como um "farolete", vive constantemente sofrendo depredações, como boa parte dos farois da Ilha
de Santa Catarina.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Iemanjá é retirado do Mar

Foto Fabrício Escandiuzzi Após quase um mês nas areias e sob as constantes ondas na praia da Barra da Lagoa, em Florianópolis, o veleiro Iemanjá, que estava encalhado foi retirado no último sábado com a ajuda de uma retro-escavadeira. A retirada deu muito trabalho aos operadores da máquina.O resultado não poderia ser outro. A embarcação foi danificada com o sobe e desce das marés. Anteriormente o barco já havia sido saqueado por várias pessoas. O barco do argentino Cristian Federico Chaina, de 40 anos, foi arrastado para a praia pela correnteza, depois que ele ancorou na baía da Barra da Lagoa para proteger-se do mau tempo. Ele velejava sozinho desde 20 de agosto, quando saiu da provincia de Rosário, na Argentina, para Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro.

Cinco mil anos Submersa

As ruínas de Pavlopetri, localizada perto da costa da cidade de Lacônia, na Grécia, foram decobertas há 40 anos, mas só agora especialistas estão desvendando os mistérios do local. O arqueólogo submarino Jon Henderson da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, comanda um grupo de especialistas que trabalham com o governo grego para retomar os trabalhos da expedição pioneira, liderada pela Universidade de Cambridge. O arqueólogo Nicholas Flamming foi o primeiro a mapear a região em 1968 e agora se uniu à equipe para ajudar na exploração da cidade submersa. Hoje se sabe que Pavlopetri é pelo menos um milênio mais velha do que se imaginava. Em vez de quatro, tem cinco mil anos. Nos próximos cinco anos os arqueólogos vão fazer um mergulho no tempo para descobrir quem viveu em Pavlopetri e por que a cidade desapareceu. A reportagem é da BBC de Londres.
ONDE FICA

Lacônia é uma província do sudeste do Peloponeso e sua capital é a cidade de Esparta. É uma das prefeituras mais histórica da Grécia. Muitos castelos e igrejas bizantinas estão nas cidades de Mystras e em Monemvasia. A famosa caverna de Dyros também está localizada em Lacônia.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

ZEUS AO VENTO...

Foto Divulgação O veleiro Zeus, único representante catarinense na 59ª Regata Santos-Rio, venceu nas classes ORC Internacional 600 e First 40.7 na mais importante competição de percurso da vela de oceano brasileira. Depois de partir na tarde da última sexta-feira das proximidades da Praia do Gonzaga, o barco com bandeira do Iate Clube de Santa Catarina — Veleiros da Ilha, de Florianópolis, cruzou a linha de chegada na frente dos concorrentes às 6h45min deste domingo. Na tripulação, o comandante Inácio Vandresen contou com Felipe Linhares (o Fipa), Guilherme Rupp, Roberto Salles (o Bichinho), Ildefonso Witoslawski Júnior, Alexandre Back, Eduardo Metz e Marcus Jardim para fechar os 360 quilômetros na frente de três tripulações cariocas.

Jangada no mar...

Manobloco e Lenine cantam Caymmi e Sérgio Sampaio. Circo Voador, Rio, em 2005.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

PAISAGEM ESPECULADA

Foto Fernando Alexandre
Quem sobrevoar ou passar pela praia do Pântano do Sul, extremo Sul da Ilha de Santa Catarina, neste domingo, dia 25 de outubro, a partir das 10 da manhã, vai perceber uma frase inusitada escrita em grandes letras nas areias de sua praia:
" P A I S A G E M * E S P E C U L A D A "
Não se trata de nenhuma campanha publicitária de lançamento de um novo "resort"; de mais um modernoso campo de golf (com 9 buracos, no mínimo) ou de qualquer mega empreendimento imobiliário "totalmente sustentável" que vai "alavancar o turismo e promover o desenvolvimento" da comunidade.
Trata-se de um poema coletivo escrito nas areias da praia. Um pequeno e triste poema de alerta. E um desesperado aviso aos navegantes: estão destruindo nosso mar, nossas praias, nosso pântano e nossos morros. Estão destruindo nossas vidas.
Esse pequeno poema de alerta vai ser escrito por todos, que podem levar para a praia pás de todos os tamanhos e formas, enxadas, ancinhos, baldes e latas. Ou seja: qualquer ferramenta que sirva para cavar a areia e escrever na praia o alerta.
A idéia do evento surgiu da tensão existente hoje entre a especulação imobiliária e os anseios de boa parte da comunidade da região em preservar a Planície do Pântano do Sul, transformando-a em um parque natural protegido.
A manifestação - que será devidamente documentada do alto - ficará visualmente ainda mais interessante se as pessoas puderem vestir roupas amarelas (calça, ou camiseta, vestido, boné, etc).
O ponto de encontro é em frente ao "Bar e Restaurante Pedacinho do Céu", lado direito de quem chega na praia, as 10 da manhã deste domingo. Onde depois (e durante também) do evento, poderemos confraternizar, cervejar, petiscar e provar uma deliciosa "sopa de siri com letrinhas" preparada especialmente pela Comandante Zenaide para a ocasião.
Promovem o evento o Grupo Rosa dos Ventos ( http://grupo-rosadosventos.blogspot.com, www.gruporosadosventos.com.br); o Núcleo Gestor Distrital do Pântano do Sul do PDP; Cine-Clube Armação; INMMAR - Instituto para o Desenvolvimento de Mentalidade Marítima; ABA - Associação do Bairro dos Açores e Rádio Comunitária Campeche. Apoio do Bar e Restaurante Pedacinho do Céu.
Para contatos: Silvana Macedo (48) 3233-0083; Gert Schinke: 8424-3060; Raquel Macruz: 8455-5932.
O quê - Evento Cultural Paisagem Especulada.
Onde - Pântano do Sul
Como Chegar - De ônibus até praia do Pântano do Sul, à direita na praia em frente ao Restaurante Pedacinho do Céu.
Quando - Dia 25/10/09 (domingo)Horário: 10:00 da manhã.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

LULA VAI A LEILÃO !

Foto Eduardo Pacheco
A lula gigante encontrada na terça-feira da semana passada na Praia do Campeche, vai a leilão! Isso mesmo. Com aproximadamente 4 quilos e medindo mais de um metro, a lula vai ser leiloada neste final de semana, no dia 24, com lance minímo de R$ 250,00. Parte da renda será doada para a APLG - Associação de Proteção as Lulas Gigantes. Maiores informações e lances podem ser obtidas no ZECA BAR E RESTAURANTE, na praia do Campeche, Florianópolis. Segundo biólogos da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), esta lula não é comum na costa e sim em alto-mar. O animal pode ter encalhado ou enroscado em alguma rede de pesca. Pesquisadores afirmam que aqui no litoral é comum encontrar lula, mas que pese em torno de 100 gramas. Lula gigante se apaixona por robot da Petrobrás nas pesquisas do pre-sal, imagens do dia 26 0utubro do ano passado.

domingo, 18 de outubro de 2009

Rick . 5

Imagem de satélite / AP O furacão Rick ganhou força e alcançou a categoria 5, a máxima na escala de Saffir-Simpson, em frente à costa oeste do México, com ventos superiores a 260 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões americano. Segundo o centro, imagens de satélite permitem estabelecer que o furacão --o sétimo furacão da temporada no nordeste do Pacífico-- já está na categoria dos mais perigosos e pode atingir a Baixa Califórnia na próxima semana.

MAR DE ESTRELAS

Trechos do documentário "Maria Bethânia - Música é Perfume" - Direção de Georges Gachot. Estrela do Mar é composição de Marino Pinto e Paulo Soledade.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

MAR DE ARTISTA

O artista plástico Marcelo Baptista inaugura neste domingo, às 19 hs, a Galeria de Arte Barca da Lua, na praia dos Açores, no sul da Ilha de Santa Catarina, onde estarão expostas permanentemente, pinturas e esculturas de sua autoria. Formado pela Escola Nacional de Belas Artes de Montevidéu, Marcelo é também professor, participou de diversas exposições e concursos e tem obras suas espalhadas pelo mundo inteiro. Mora há 10 anos no Sul da Ilha e foi nosso parceiro em algumas atividades culturais, entre elas o Centro Cultural Zé Perello(Pântano do Sul) e o Epicentro Cultural Boca da Bernunça (Armação).
Estrada João Belarmino da Silva, 1970 - Sala 1
Rótula do Balneário dos Açores - Pântano do Sul.
Data: Domingo, 18 de outubro, 19 hs.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Já vai, tarde?

Pântano do Sul - Foto Fernando Alexandre

Teatro na Praia. E de graça...

Foto Divulgação Amanhã, sexta-feira, dia 16, o grupo "Teatro Sim... Por Que Não?!!!" inicia no Pântano do Sul uma temporada por 12 comunidades de Florianópolis, com espetáculos gratuitos em palcos montados em centros comunitários, salões paroquiais, clubes sociais e esportivos e escolas públicas. A “Farsa do Advogado Pathelin”, peça que será apresentada, conta a história de um advogado que engana um comerciante com falsas promessas para conseguir um corte de tecido grátis para presentear a esposa e que por sua vez é ludibriado por um cliente. Com ritmo ágil, o espetáculo retrata de uma forma leve e alegre a rede de intrigas e hipocrisias que se forma entre esses personagens que, com bajulações e mentiras, tentam levar mais vantagens em proveito próprio. Corrupção, justiça (ou a falta de), religião, entre outros temas, são retratados de uma forma que faz rir, mas também refletir. Considerada uma das obras-primas do gênero farsesco, “Farsa do Advogado Pathelin” é de autoria desconhecida, escrita por volta de 1460. O Grupo Teatro Sim... Por Que Não?!!! estreou essa peça em 1996. Desde então, foram mais de duas centenas de apresentações e participações em diversos festivais no país. Em 2006 e 2007, foi o espetáculo escolhido para uma turnê por 26 cidades do interior de Santa Catarina. A temporada pelas 12 comunidades de Florianópolis, com espetáculos gratuitos, tem o patrocínio da Fundação Franklin Cascaes e Prefeitura de Florianópolis, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, e apoio cultural da Caixa Econômica Federal. Entrada Franca / Apresentações sempre às 20h30. PROGRAMAÇÃO DIA 16– (Sexta-feira) – SALÃO PAROQUIAL DO PÂNTANO DO SUL -Rua Abelardo Otacílio Gomes s/n - Pântano do Sul. DIA 17 – (Sábado) – E. B. M. DILMA LÚCIA DOS SANTOS - SC 406 - Rod. Francisco Tomás dos Santos, 6005- Armação. DIA 18 (Domingo) – ASSOC. RECR. E CULT. AVANTE - Rua Cônego Serpa, 88 - Sto Antonio de Lisboa. DIA 21 – (Quarta-feira) – E. E. B. PRESIDENTE ROOSEVELT-Rua Pascoal Simone, 80 - Coqueiros. DIA 23 – (Sexta-feira) – SEDE DO BARRENSE- Rua Tomáz Ramos, 10 - Barra da Lagoa. DIA 24 – (Sábado) – E. E. B. INTENDENTE JOSÉ FERNANDES - Rua João Gualberto Soares, 324 - Ingleses. DIA 25 - (Domingo) - CENTRO CULT. BENTO SILVÉRIO – CASAS DAS MÁQUINAS - Rua Henrique Veras, 50 - Lagoa da Conceição. NOVEMBRO - DIA 01 – (Domingo) – ASSOC. DO PESSOAL DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - Alameda César Nascimento, 700 - Jurerê. DIA 07 – (Sábado) – E. B. M. OSMAR CUNHA - Rod. Tertuliano Brito Xavier, 661 - Canasvieiras. DIA 08 – (Domingo) – CONSELHO COMUNITÁRIO DO RIBEIRÃO DA ILHA -Rod. Baldicero Filomeno, 7792 - Ribeirão da Ilha. DIA 11 – (Quarta-feira) – E. E. B. PROF. ANIBAL NUNES PIRES - Rua Irmã Bonavita, 240 - Capoeiras.1 DIA 15 – (Domingo) – SAC – ASSOC. SOC. AMIGOS DO CAMPECHE - Trav. da Liberdade, s/n - Campeche.

SALVAMAR MORTO

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

DROPANDO...

Trailer dublado do filme "TA DANDO ONDA" (Surf's Up) lançado nos cinemas brasileiros em Outubro de 2007. O "Dicionário do Surf - A Língua das Ondas", serviu de base para a equipe realizar a tradução e a dublagem do filme em português.

BOA VIAGEM!

Foto Ninguemsabe O'Nome Doze pinguins foram soltos hoje entre a praia Brava e a Ilha do Arvoredo, ao Norte da Ilha de Santa Catarina.As aves, da espécie pinguim-de-magalhães, chegaram ao litoral catarinense há cerca de dois meses e receberam cuidados no Centro de Triagem de Animais Silvestres do Parque do Rio Vermelho.
Sete baleias passaram pela costa na região Sul de Santa Catarina na tarde de ontem. Elas foram vistas nas praias do Gi e do Mar Grosso em Laguna. Os mamíferos passaram o dia brincando. A temporada de baleia franca em Santa Catarina segue até o fim de outubro.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

OUTROS MARES...

Filme de Gabriele Salvatores, vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1992. O cenário é uma pequena ilha grega do mar Egeu. A trilha sonora é dos músicos Giancarlo Bigazzi e Marco Falagiani. Preciosidade.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Barca de Livros

morrer
como uma barca .
morrer
entre meus livros .
lendo
como Petrarca . escrevendo
como Flaubert
. afundar entre meus livros
como quem afunda numa mulher

Paulo Leminski - Poema inédito "tarrafeado" por Alice Ruiz e Ademir Assunção quando preparavam a exposição "Paulo Leminski: 20 Anos em Outras Esferas" no Itaú Cultural - São Paulo. De quinta 1 de outubro a domingo 8 de novembro de 2009 - terça a sexta 10h às 21hsábado -domingo feriado 10h às 19h.

Itaú Cultural Avenida Paulista 149 [próximo à estação Brigadeiro do metrô]informações 11 2168 1777 atendimento@itaucultural.org.br

terça-feira, 6 de outubro de 2009

OUTROS MARES...

As jangadas do Nordeste brasileiro: outras embarcações em mares do Ceará, no quadro "O Outro Olhar", do programa "Reporter Brasil", Tv Brasil.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

TERRA DE TORNADOS

Tornado na Praia da Cachoira do Bom Jesus, Ilha de Santa Catarina, Brasil, no dia 02 de março de 2008. Imagens de Sérgio Schmiegelow. SUL É O SEGUNDO NO MUNDO
Pelo menos sete tornados atingiram Santa Catarina e o Rio Grande do Sul no mês passado. A informação é do serviço meteorológico privado MetSul, com base na análise de imagens dos estragos. Em setembro, o fenômeno causou pelo menos 14 mortes no Brasil e na Argentina.O perímetro compreendido pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, oeste do Paraná e pelo norte da Argentina e Paraguai é a segunda maior área em incidência de tornados do mundo.
Apenas a planície central dos Estados Unidos oferece condições mais propícias para o fenômeno. A conclusão é de um estudo do Laboratório Nacional de Tempestades Severas, dos EUA. Segundo a pesquisa, as condições climáticas geradas pelo choque de massas de ar frio da Patagônia com ventos tropicais formados na Amazônia propiciam a ocorrência de tornados, em média, 15 dias por ano no norte argentino e no Sul do Brasil.
Na província argentina de Misiones, o estrago foi generalizado, e 10 pessoas morreram no dia 7 de setembro. Na cidade de Guaraciaba, Extremo-Oeste de Santa Catarina, quatro pessoas morreram.Não há estudos que relacionem o aquecimento global a tornados no Sul. Essa evidência existe apenas para furacões, um fenômeno diferente. Um tornado é um pequeno porém intenso redemoinho de vento, formado por um centro de baixa pressão durante tempestades. Se o redemoinho chega a alcançar o chão, a repentina queda na pressão atmosférica e os ventos de alta velocidade (que podem alcançar mais de 500 km/h) fazem com que o tornado destrua quase tudo o que encontrar no meio de seu caminho.
A primavera e o outono são as estações dos tornados no Brasil. Pesquisas desenvolvidas recentemente comprovam que uma porção significativa das destruições atribuídas aos vendavais nos Estados do sul e parte do sudeste e centro-oeste são provocadas, na verdade, por tornados.

NOS AÇORES

Durante séculos, uma boa parte das 9 ilhas do arquipélago dos Açores teve na caça as baleias uma de suas principais atividades econômicas. Hoje, as baleias e golfinhos continuam no foco e gerando divisas, só que agora de uma outra maneira: com o turismo de observação. Em várias das ilhas, embarcações especialmente equipadas permitem a observação de mais de vinte e quatro espécies destes grandes mamíferos marinhos. As imagens são de Nagib Paulo, que fez o caminho inverso da migração açoriana para o Brasil: nasceu no norte da Ilha de Santa Catarina e hoje mostra o mar dos açores, diretamente da Ilha de São Miguel, para os turistas e visitantes.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

MARES DE ARTISTA

Grafite sobre papel, 150x110 cm Há séculos a cultura vem produzindo a interpretação e o entendimento da natureza. O artista plástico Francisco Faria, há cerca de 30 anos faz o percurso inverso: vai à natureza para nela descobrir elementos para a interpretação de uma cultura. Seus desenhos da paisagem natural brasileira, de elaboração virtuosa e vigorosa expressão poética, estão indo de Florianópolis, onde mora, para o Largo das Artes, no Rio de Janeiro, onde estarão expostos de 6 de outubro a 14 de novembro. A exposição também traz uma mostra do trabalho interdisciplinar Moradas Nômades, feito em conjunto, imagem e texto, desenho e poesia, com a poeta Josely Vianna Baptista, em que os artistas lançam um olhar poético ao encontro (e ao confronto) das complexas culturas vivas da América.
Largo das Artes - Rua Luis de Camões,2
Tel/fax: (21) 2224-2985
Rio de Janeiro

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Tarrafada no Mar de Lama

Foto Ninguemsabe Nemviunada Pescadores artesanais lançaram tarrafas e redes de pesca no espelho d’água do Congresso Nacional, ontem, em Brasília. A ação é parte do movimento que a categoria promove na Capital Federal desde o início da semana, exigindo mais atenção para o setor. Ontem, o governo deu início à Conferência Nacional de Pesca Artesanal. Cerca de 2 mil pessoas participam da programação. A pesca artesanal emprega 3,5 milhões de pessoas e movimenta R$ 5 bilhões por ano no Brasil.